fbpx

Descubra como estruturar treinamentos eficazes que geram resultados reais com o Design de Jornada de Aprendizagem!

Logo da Escudo

O que é higiene e segurança do trabalho e 5 dicas para suas empresas clientes

Informar as empresas sobre a importância de zelar pela vida dos trabalhadores, faz com que elas se desenvolvam melhor. Afinal, os profissionais se sentem motivados e consequentemente mais produtivos.

Receba os conteúdos no seu e-mail

Nós que fazemos parte do universo de SST sabemos da importância de um ambiente ocupacional seguro e saudável. Bem como, visar pela prioridade da integridade física de um colaborador. Além disso, é obrigação das empresas cumprir com a legislação. E um dos assuntos mais importantes dentro dessa cultura de prevenção é a: higiene e segurança do trabalho. 

  

Leia mais:  

  

Quando falamos nesse tema, a primeira imagem que vem em nossa mente é um ambiente ocupacional limpo e organizado. De forma que promova a segurança evitando acidentes. Porém, esse termo vai muito além disso. 

Se você já trabalha na área de SST, é fundamental estar por dentro dos assuntos desse universo. Aqui no blog do Sistema Escudo, trazemos conteúdos da área de forma simplificada. Portanto, acompanhe hoje o que é a higiene e segurança do trabalho, visto sua grande importância. 

Do que se trata a higiene e segurança do trabalho 

Até meados no século 20 a saúde e segurança do trabalho não eram vistas como prioridade pelas empresas. Até porque, não existia nenhuma lei que regulamentasse a proteção à vida dos trabalhadores. Sendo assim, aconteciam muitos acidentes, doenças e mortes no ambiente ocupacional. 

Apenas entre as décadas de 50 e 60 surgiram iniciativas em vista da importância da integridade física dos empregados. Felizmente, hoje em dia existem 37 normas regulamentadoras (NRs). Em resumo, elas determinam as diretrizes e requisitos mínimos para a realização das atividades laborais. Além disso, trazem benefícios tanto para os colaboradores como para as empresas. 

Podemos dizer que a higiene e segurança do trabalho são dois termos distintos, porém que estão diretamente ligados. Afinal, o objetivo de ambos é garantir um ambiente ocupacional adequado, ou seja, saudável e seguro.  

 

Higiene: conceito  

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) a higiene do trabalho não comtempla apenas a ausência de doenças ou enfermidades. Como também o bem estar: 

  • Físico 
  • Mental 
  • Social 

Sendo assim, a higiene tem como objetivo combater doenças e identificar o que pode ser melhorado no ambiente, visando reduzir ou eliminar riscos. E para isso, ela observa e analisa o comportamento humano e como é desempenhado as atividades ocupacionais. 

Você sabe quais são os riscos ambientais? Já falamos sobre eles aqui no blog do Sistema Escudo, e são os seguintes: 

  • Acidentes 
  • Biológicos 
  • Ergonômicos 
  • Físicos 
  • Químicos 

Quer saber mais? Leia: O que são riscos ambientais? Aprenda a identificá-los 

Além disso, a higiene do trabalho possui quatro etapas, sendo elas: 

1- Antecipação 

Em primeiro lugar é realizada a avaliação dos riscos. Através da análise das medidas preventivas antes da utilização ou implementação de qualquer atividade.  

2 – Reconhecimento 

Em segundo lugar é identificado quais os riscos estão presentes no ambiente de trabalho. Através de um estudo que envolve, por exemplo: 

  • Produtos 
  • Serviços 
  • Processos 
  • Máquinas 
  • Equipamentos

3 – Avaliação 

Em terceiro lugar é realizada a avaliação quantitativa. Ou seja, é dimensionado os riscos e exposição dos colaboradores. 

4 – Controle 

Por fim é implementado estratégias para eliminar ou reduzir os níveis de presença dos riscos ambientais no ambiente ocupacional.   

Segurança: conceito  

A segurança do trabalho é o conjunto de técnicas: 

  • Educacionais 
  • Médicas 
  • Psicológicas 

Que, sobretudo, tem como objetivo a prevenção de acidentes e eliminação dos riscos do ambiente. Bem como, promover práticas preventivas. 

Sendo assim, tudo isso é feito por técnicos de segurança do trabalho, enfermeiros e médicos, engenheiros do trabalho e o próprio RH da empresa.   

Então, qual a relação entre os higiene e segurança do trabalho?  

Acima de tudo, o objetivo da higiene e segurança do trabalho é prevenir os acidentes e doenças. Nesse sentido, é realizado através do reconhecimento prévio dos riscos no ambiente ocupacional. 

Em resumo, a higiene identifica os agentes de riscos e cria ações para minimizar ou eliminar os possíveis danos. 

Dessa forma, a higiene e segurança do trabalho estão inteiramente ligadas aos riscos. Que vão desde os mais simples, como temperaturas extremas de frio e calor, até questões mais complexas, como radiações, por exemplo.   

Qual a importância da higiene e segurança do trabalho no ambiente ocupacional 

Conforme mencionamos, seguir as NRs não é somente necessário para criar uma cultura de prevenção de acidentes como é obrigatório. 

Em outras palavras, as empresas devem seguir a legislação a fim de preservar a vida dos trabalhadores. Ao mesmo tempo que evita multas e passivos trabalhistas para a organização. 

Os dados do Observatório de Segurança e Saúde do Trabalho, do Ministério Público do Trabalho (MPT), apontaram que em 2021 no Brasil ocorreram 571.786 acidentes de trabalho. Além disso, foram registrados 2.487 óbitos. São dados alarmantes, não é? 

Se mesmo com a existência das NRs os números são altos, imagine se elas não existissem. Enquanto isso, você sabe qual é um dos principais meios de preservação da vida dos trabalhadores? Capacitação de qualidade, para que eles estejam 100% por dentro dos riscos que cercam suas atividades. Bem como, executem as tarefas com segurança. 

Dessa forma, quando a higiene e segurança do trabalho são questões sólidas dentro da empresa os profissionais realizam suas funções com responsabilidade. Posteriormente, causam impacto direto para a saúde e bem estar. 

Além disso, quando essa questão é levada a sério pela organização, o profissional automaticamente se sente valorizado. E trabalhadores valorizados se sentem motivados, consequentemente, aumentando sua produtividade. 

Sabemos que os acidentes de trabalho causam grandes custos para as empresas. Afinal, os trabalhadores precisam se ausentar, necessitam de atendimento médico, além de indenizações e etc. Por fim, com boas práticas de higiene e segurança do trabalho estes custos são minimizados.  

5 dicas para melhorar a higiene e segurança do trabalho das suas empresas clientes  

Agora que você já sabe a importância da higiene e segurança do trabalho e as suas vantagens para as empresas. Que tal conhecer algumas dicas que você pode sugerir para a melhora desse processo nas organizações? Confira abaixo:   

1 – Promover a cultura de prevenção 

Antes de mais nada, é fundamental promover essa cultura de prevenção. Pois todos os funcionários de uma empresa devem estar inclusos no processo. Dessa forma, todos ficam conscientizados da importância. Além disso, ficam informados sobre as ações da empresa.   

2 – Antecipação dos riscos 

Não é à toa que a antecipação dos riscos é a primeira etapa da higiene ocupacional. Afinal, através da análise do ambiente é possível identificar os agentes presentes e promover ações preventivas. Claro que seguindo as exigências das NRs.  

3 – Ambientes limpos 

Para uma boa higiene e segurança do trabalho é importante prezar por um ambiente ocupacional limpo e organizado. Por exemplo, imagine que um espaço está com o chão molhado, as chances de acidentes aumentam.   

4 – Uso de EPIs e EPCs 

As NRs estabelecem que o uso dos equipamentos de proteção individual e coletivo (EPIs e EPCs) são indispensáveis. Além disso, a empresa não deve apenas fornecê-los como também, orientar sobre o uso e fiscalizar sua utilização. 

Saiba mais:  

5 – Capacitações 

É obrigatório que os empregadores ofereçam treinamentos normativos para seus colaboradores. Você sabia que desde 2019, as capacitações podem ser realizadas na modalidade EaD e semipresencial? Nesse sentido, o Sistema Escudo é um exemplo dessa solução ocupacional. Mas falaremos mais adiante, acompanhe. 

Através dessa capacitação as empresas alcançam todas as outras dicas que sugerimos aqui. Afinal, por meio dela é possível, por exemplo: 

  • Promover a cultura de prevenção de acidentes 
  • Aprender a utilizar corretamente os EPIs e EPCs 
  • Ter em mente a importância de um ambiente de trabalho seguro e saudável 
  • Conscientizar dos riscos presentes no ambiente ocupacional   

Comece você a promover a cultura de prevenção aos seus clientes 

As empresas que levam a sério a higiene e segurança do trabalho, preservam a vida de seus colaboradores, reduzindo o número de acidentes e doenças do trabalho. Bem como, evitam prejuízos decorrentes desses incidentes. 

E conforme falamos, um dos principais pontos para promover tudo que gira em torno da prevenção de acidentes é capacitando os colaboradores.  

E falando em capacitação normativa, o Sistema Escudo é especialista nisso. Afinal, somos o 1º e único software do Brasil especializado em SST e em total conformidade com a NR 1. Além disso, contamos com um catálogo robusto de treinamentos, e oferecemos uma área de gestão completa para acompanhamento dos dados para os seus clientes. 

Então, quer oferecer a solução ocupacional líder de mercado? Preencha o formulário abaixo e converse com nossos especialistas. 

Mais de 15 mil pessoas já se inscreveram

Receba os conteúdos no seu e-mail

Veja mais posts

Seguindo os passos de Planejamento, Execução, Verificação e Ação, é possível identificar...
Todos os trabalhadores estão sujeitos aos riscos ambientais, por isso é importante...
Descubra tudo sobre a NR15 e suas implicações legais para garantir a...

Entre em contato conosco

Preencha o formulário e um dos nossos especialistas entrará em contato com você para falar mais sobre as nossas soluções.