fbpx

Descubra como estruturar treinamentos eficazes que geram resultados reais com o Design de Jornada de Aprendizagem!

Logo da Escudo

7 motivos para o seu SST ter uma plataforma LMS

As plataformas LMS facilitam os treinamentos e a gestão dele, bem como flexibiliza e diminui custos com capacitação - como podemos ver com a maior petrolífera da América Latina, que teve uma redução de R$3 milhões anuais com treinamentos.

Receba os conteúdos no seu e-mail

Capacitar a área de Saúde e Segurança do Trabalho apenas com treinamentos presenciais é coisa do passado. Desde a atualização da NR 1, em 2019, o uso de plataformas LMS para treinar SST vem superando tabus e a desconfiança de muita gente. Assim, se transformando em umas das principais ferramentas de acesso ao conhecimento da atualidade. 

 

Leia também: 

 

Se no início havia um preconceito, hoje, gradativamente, ele dá lugar à certeza de que a plataforma LMS é um investimento inteligente e assertivo. Prova disso é disseminação da modalidade de ensino a distância em todo o Brasil, que recentemente somou cerca de 9 milhões de alunos, de acordo com a ABED (a Associação Brasileira de Ensino a Distância). 

Além disso, as plataformas LMS passaram a ser adotadas em larga escala nas empresas nos últimos anos – mesmo na área de SST. Tanto pela flexibilidade, como pela qualidade do ensino, as altas taxas de engajamento do aluno e a economia. Uma vez que empresas como a maior petrolífera da América Latina, tem reduzido seus custos com treinamentos em cerca de R$3 milhões por ano. Então continue lendo esse texto para entender como essa tecnologia se encaixa na sua realidade.  

EaD para SST: como funciona?  

Quando falamos em fazer os treinamentos normativos através de uma plataforma LMS, é importante ter em mente 2 coisas:  

  • A NR 1 exige que o treinamento seja feito em um LMS com elementos bem específicos; 
  • Existem treinamentos que vão exigir que a etapa prática seja feita de forma presencial.  

Por isso, ao adotar uma plataforma LMS para fazer os treinamentos obrigatórios, você precisa se certificar de que ela siga o Anexo II da NR 1. Essas diretrizes apontam que, para uma capacitação normativa EaD ser válida, ela precisa ser executada em um ambiente virtual de aprendizagem que permita: o armazenamento de avaliações, de logs dos alunos, a comunicação entre o aluno e o tutor e muito mais.  

Além disso, é preciso ficar atento aqueles treinamentos – como de NR 35, por exemplo – que exigem que a parte prática seja feita de forma presencial. Nesses casos, o melhor a fazer é optar pelas capacitações híbridas (também conhecidas como blended learning).  

Nessa modalidade, o aluno fará a parte teórica do treinamento no formato EaD – aprendendo no seu tempo, com ferramentas engajadoras e que testam seu conhecimento. E, aí, concluirá o treinamento com a etapa prática presencial, onde coloca em ação tudo que aprendeu anteriormente.  

Só posso usar uma plataforma LMS nos treinamentos normativos EaD?  

De forma curta: sim. Mas aqui também vai a explicação mais longa, para não restar nenhuma dúvida. 

O Anexo II da NR 1 estabelece que os treinamentos normativos EaD precisam ser feitos através de uma plataforma LMS. Mas não pode ser qualquer uma, ela precisa atender a certas especificações, como por exemplo: guardar logs de alunos, avaliações e fazer o registro do treinamento. Informações que devem ser mantidas por até 02 anos após o vencimento do certificado.  

E mais, essas plataformas também precisam possibilitar a comunicação entre os alunos e o tutor, além de permitir a interação entre o aluno e os objetos de aprendizagem.   

Devido a essas exigências, a capacitação através de outras plataformas de comunicação, como WhatsApp ou Skype, acaba se tornando inviável. Dessa forma, a melhor maneira de treinar SST por EaD, é através de um LMS como o Sistema Escudo ou desenvolvendo seus próprios treinamentos normativos.   

Baixe a nossa checklist da conformidade para ficar por dentro de tudo que a plataforma LMS precisa ter para que seu treinamento normativo seja válido perante a fiscalização.  

Quais os benefícios de uma plataforma LMS?  

Muito mais do que uma alternativa flexível e acessível, os treinamentos a distância tem sido a solução para quem quer investir em capacitação com economia de tempo, dinheiro e flexibilidade de estudo. 

Na área de SST, a plataforma LMS também é uma forma de conquistar maior engajamento dos colaboradores com os conteúdos, promovendo uma melhor absorção do conhecimento e, por consequência, uma equipe mais bem preparada para lidar com os riscos do dia a dia.  

Listamos outros benefícios de uma plataforma LMS abaixo.  

1 – Economia de tempo e dinheiro  

Treinamento presenciais possuem gastos fixos, como aqueles com o transporte até o local de treinamento, aluguel de espaço, hospedagem, alimentação, ferramentas de apoio, etc.  

Já os gastos fixos da plataforma LMS são bem menores, uma vez que a logística é mais simples e a única ferramenta necessária para completar a capacitação é um computador com acesso à internet.   

Além disso, o sistema também ajuda a economizar tempo. Por exemplo: um treinamento que leva 3 horas para era feito de forma presencial, costuma levar apenas 1 no EaD. Isso porque os trabalhadores vão aprender no próprio ritmo. 

 

2 – Acessibilidade  

A possibilidade de treinar as equipes de SST onde quer que elas estejam já se provou de grande valia. Especialmente para os times que trabalham em locais remotos, de difícil acesso, que não conseguem ir até uma sala de aula – e deslocar um instrutor até lá não é viável.  Nesses casos, a plataforma LMS acaba se tornando indispensável.  

A plataforma online também torna realidade treinar colaboradores em trabalho remoto, seja em casa ou em outros ambientes.  

3 – Flexibilidade 

Coordenar a agenda dos alunos? Do instrutor? Isso é coisa do passado. Com uma plataforma LMS, é possível manter salas de aula virtuais abertas 24 horas por dia, 7 dias por semana. Ou apenas nos horários e dias pré-definidos pelo RH. A escolha é do empregador, o que possibilita maior flexibilidade para a capacitação, além de otimização do tempo – tanto de gestores como de alunos.  

4 – Engajamento e eficiência  

Plataformas LMS permitem o uso de recursos tecnológicos que aumentam e facilitam o engajamento, como: simuladores, módulos gamificados e de aprendizagem colaborativa. Além disso, ao utilizar ferramentas – como smartfones, tablets e computadores – com as quais os alunos têm mais afinidade, o treinamento acaba tornando-se mais fácil. 

E ainda, quando o aluno está engajado com o treinamento, a ação acaba se tornando mais eficiente. Isso porque o envolvimento do colaborador com os materiais torna a absorção do conhecimento mais natural.   

5 – Gestão completa e fácil 

Outro ponto positivo da plataforma LMS é a gestão, que acaba otimizando o tempo dos administradores. Isso porque elas permitem uma visão geral de tudo que está acontecendo, além de entregar informações específicas e dados cruzados. É possível montar turmas, abrir e fechar salas de aula, disponibilizar treinamentos, montar relatórios e muito mais, tudo de forma intuitiva e descomplicada.  

Alguns sistemas, ainda, permitem que você gerencie até mesmo os treinamentos presenciais, que possuem uma logística bem mais complicada do que aqueles por EAD. 

6 – Padronização dos programas de treinamento  

Com a plataforma LMS também é possível deixar os treinamentos de SST padronizados. Isso porque o sistema permite grande escalabilidade das ações, algo que é bem mais difícil fazer quando a ação é presencial. A logística é bem mais complicada e os instrutores não conseguem aplicar o treinamento para turmas muito grandes, o que não é um problema no EAD.  

A plataforma também permite que os seus treinamentos sejam realizados com uma frequência bem maior. Assim, aumenta a segurança da empresa em relação as fiscalizações e também referente aos colaboradores. 

7 – Relatórios e indicadores para tomadas de decisão  

Por fim, mas não menos importante, a plataforma LMS permite que as decisões sejam orientadas por dados. Ou seja, a plataforma acompanha todas as interações dos alunos com os treinamentos para oferecer diversas informações relevantes nos relatórios – que podem ser pré-definidos pelo sistema ou personalizados de acordo com a necessidade do gestor.  

Dentre os indicadores, é possível encontrar aqueles exigidos pela NR 1 – como o registro de logs e resultados de avaliações – bem como número de alunos matriculados ou cursos concluídos, que podem ser cruzados para auxiliar na análise dos gestores sobre desempenho e custo-benefício, por exemplo. 

Comece a treinar a área de SST com uma plataforma LMS agora mesmo! 

Então, agora que você já conhece os benefícios de uma plataforma LMS, conta para gente: o que te impede de começar a usar uma agora mesmo na área de SST? Especialistas já apontam que o futuro está repleto de sistemas de gestão de aprendizagem e que os benefícios se estendem para toda a empresa – não apenas para a área que está sendo treinada. Vai ficar de fora?  

Clique no banner e agende agora uma demonstração com o nosso especialista. Veja ao vivo o que uma plataforma LMS focada em SST pode fazer pelo seu negócio! 

Mais de 15 mil pessoas já se inscreveram

Receba os conteúdos no seu e-mail

Veja mais posts

Um guia detalhado que aborda todas as partes da NR-22, incluindo requisitos...
Seguindo os passos de Planejamento, Execução, Verificação e Ação, é possível identificar...
Todos os trabalhadores estão sujeitos aos riscos ambientais, por isso é importante...

Entre em contato conosco

Preencha o formulário e um dos nossos especialistas entrará em contato com você para falar mais sobre as nossas soluções.