fbpx

Descubra como estruturar treinamentos eficazes que geram resultados reais com o Design de Jornada de Aprendizagem!

Logo da Escudo

O que é SGI e como implementar na área de SST

Otimizar metas e processos diários são consequências sobre o que é SGI dentro das empresas. Afinal, esse sistema une a função de qualquer setor integrando operações de uma organização. 

Receba os conteúdos no seu e-mail

Já pensou no quanto você reduziria tempo e dinheiro concentrando todos os processos em um só lugar? Ter um software que te permita analisar e ter uma visão sistêmica de todo os setores, inclusive de saúde e segurança do trabalho? Certamente facilitaria o seu dia a dia, certo? Na verdade, isso já existe e se você ainda não conhece está na hora de entender o que é SGI.  

  

Leia mais:   

  

No universo de saúde e segurança do trabalho fazer a gestão dos processos é essencial para a prevenção de acidentes e para cumprimento das leis. Além disso, acompanhar por meio dessa visão sistêmica aumenta a produtividade e qualidade, bem como contribui com a redução de custos.  

Desse modo, transformar a padronização e acompanhamento dos seus processos de SST é de grande valia para seu negócio. Então, entenda o que é SGI dentro de uma empresa e como aplicar na sua organização e facilitar seu dia a dia.   

O que é SGI e seus objetivos  

Antes de mais nada, o SGI é a sigla de Sistema de Gestão Integrada. O principal objetivo desse método é integrar os processos de empresas. Desde a gestão ambiental, de qualidade ou mesmo da saúde e segurança do trabalho, por exemplo.  

Otimizar metas e processos diários são consequências do que é SGI dentro das empresas. Além disso, é um diferencial para aquelas organizações que usam diversos tipos de software para gerenciar setores de RH e T&D, por exemplo. Afinal, esse sistema une a função de qualquer setor, integrando operações de uma organização.   

Então, o objetivo do SGI é: 

  • Aumento da produtividade;  
  • Gerenciamento de projetos;  
  • Padronização dos processos;  
  • Diminuição do retrabalho;  
  • Integração de setores;  
  • Análise de dados;  
  • Redução de custos;  
  • Eficiência;  
  • Competividade.   

Pode haver uma semelhança entre o que é SGI e um ERP. Afinal, o objetivo de ambos é reunir dados de uma empresa em um só local, com ações automatizadas, por exemplo, para determinar a entrega de resultados.   

No entanto, a principal diferença entre eles é que um SGI não precisa exclusivamente de uma única plataforma de armazenamento de dados, enquanto um ERP é constituído com base em um único banco de dados. 

 

Quais os benefícios do SGI e por que implementar em SST   

Agora que você sabe o que é SGI, talvez você já tenha identificado entre os objetivos do tópico anterior alguma necessidade a ser suprida na sua empresa. Atualmente, existem vários requisitos que permitem que uma organização se destaque no mercado. Inclusive, dentro da área de segurança do trabalho.   

Já ouviu falar das certificações de uma empresa confiável? Entre os mais conhecidos estão:  

  • ISO9001 – Certificação de qualidade;  
  • ISO14001 – Meio ambiente;  
  • ISO45001 – Sistema de gestão de saúde e segurança ocupacional.  

Apesar de serem normas com nomes diferentes, todas fazem parte do que é SGI. Nesse sentido, os avanços no mercado passaram a exigir que as empresas tenham o comprometimento com a qualidade, sustentabilidade ambiental e proteção à integridade física e saúde dos trabalhadores.   

Então, o gerenciamento desses processos se tornou uma espécie de sobrevivência do negócio. E uma ferramenta útil para o acompanhamento eficaz dos processos é o SGI. Em um único software os procedimentos de diversas áreas são unificados, facilitando o acompanhamento e monitoramento do negócio. Além disso, o sistema de gestão integrado permite que as exigências ISO sejam colocadas em prática com mais facilidade e os processos bem documentados.  

Como implementar o SGI  

Sabendo o que é SGI, você já entendeu o quanto esse sistema pode beneficiar sua empresa em SST, certo? No entanto, durante o planejamento, é preciso manter o foco nas necessidades do seu negócio. Então, ouça pessoas, analise resultados e estude os processos da organização. Desse modo, você identifica quais os pontos fortes e fracos de cada equipe.   

Até pouco tempo atrás, a implementação do SGI era burocrática e sem ligação com as estratégias do negócio. Além disso, hoje em dia, independente se você tem uma empresa micro ou de grande porte, ambos podem implementar o sistema. Saiba como: 

1 – Entenda as necessidades da empresa  

Conforme mencionamos alguns tópicos atrás, antes de mais nada, além de saber o que é SGI, você precisa entender as reais necessidades do seu negócio. E assim, implementar o sistema no melhor momento para solucionar as questões da gestão ambiental, SST e demais áreas.   

Então, é importante ouvir a liderança e colaboradores de todas as áreas, afinal, a implementação do SGI deve ser uma tarefa conjunta. Uma vez que unifica os processos de diversos setores. Com a ajuda de todos, a tomada de decisão é mais assertiva.  

2 – Estabeleça qual o sistema mais adequado para a necessidade  

Não existe apenas um tipo de sistema para o que é o SGI. Então, após ter mapeado todas as necessidades, é o momento de escolher qual o melhor modelo para sua empresa. São eles:  

  • Integração social: há ações e elementos iguais entre as áreas da empresa e dependendo o contexto os processos são os mesmos para todas. Por exemplo: padronização de processos de prevenção para o coronavírus, onde haverá distanciamento entre pessoas e uso de EPIS em toda a empresa.  
  • Interação parcial: possui vários processos variados em diferentes setores. Nesse caso, podemos citar, por exemplo, os treinamentos de segurança do trabalho.  
  • Gestão concomitantes: onde todos os setores são independentes, por exemplo: uma indústria de alimentos, onde cada grupo de setores é responsável por alguma área e utilizam vários sistemas ao mesmo tempo.  

3 – Planeje os treinamentos dos trabalhadores  

De pouco adianta implementar o SGI e não treinar os trabalhadores para entender como funcionará o sistema. Assim como, também é importante mostrar as vantagens do software e como utilizá-lo de forma eficiente. Além disso, informar os motivos que levaram a iniciação desse projeto para que as equipes entendam que as mudanças são para facilitar o trabalho.  

Afinal de contas, profissionais bem-preparados e com domínio sobre o que é SGI começam a encontrar soluções inovadoras para resolver problemas no processo.  

4 – Mensure resultados  

Por fim, assim como em qualquer projeto, é importante que se avalie os resultados do SGI. Só realizando esse acompanhamento será possível entender as dificuldades, melhorias e pontos fortes dos processos.   

Além disso, você deve comparar as necessidades levantadas no início da implementação do SGI com os resultados que se obteve. Desse modo, será um processo contínuo, que melhora com o tempo e traz cada vez mais benefícios.  

Já sabe o que é SGI? Chegou a hora de transformar a gestão em SST da sua empresa  

Agora que você já entendeu tudo sobre o que é SGI, pergunto: como está a gestão de SST da sua empresa? Pois você bem sabe que as organizações têm obrigações legais com o governo para que as atividades ocupacionais sejam feitas com segurança.  

Afinal, o maior objetivo da segurança do trabalho é garantir que as empresas preservem a vida dos trabalhadores e também a integridade dos ambientes ocupacionais. Mas, muita coisa ainda precisa ser transformada nesse universo de prevenção de acidentes. Muitas empresas negligenciam a capacitação dos trabalhadores e não tem uma gestão adequada para promover um ambiente de trabalho sadio.   

Por isso, o Sistema Escudo nasceu para oferecer a melhor experiência de aprendizagem em segurança do trabalho. Somos especialistas no assunto e oferecemos treinamentos engajadores, interativos e de altíssima qualidade. Além disso, já treinamos mais de 450 mil alunos pelo país.   

Além disso, com o nosso catálogo robusto de treinamentos e área de gestão completa, nossos clientes reduzem em até 90% os custos globais com capacitações EaD e semipresenciais aos colaboradores.  

Mas não para por aí: porque nós também somos a única solução em SST que trabalha em total conformidade com a NR 1, sendo assim, garantimos a sua segurança jurídica. Pronto para transformar a sua gestão em segurança do trabalho? Clique no banner abaixo e agende um horário com nossos especialistas.

 

Mais de 15 mil pessoas já se inscreveram

Receba os conteúdos no seu e-mail

Veja mais posts

Um guia detalhado que aborda todas as partes da NR-22, incluindo requisitos...
Seguindo os passos de Planejamento, Execução, Verificação e Ação, é possível identificar...
Todos os trabalhadores estão sujeitos aos riscos ambientais, por isso é importante...

Entre em contato conosco

Preencha o formulário e um dos nossos especialistas entrará em contato com você para falar mais sobre as nossas soluções.