fbpx

Descubra como estruturar treinamentos eficazes que geram resultados reais com o Design de Jornada de Aprendizagem!

Logo da Escudo

SEP: saiba tudo sobre o trabalho em Sistema Elétrico de Potência

Existem treinamentos específicos para os profissionais que precisam trabalhar com sistemas elétricos de potência. Ou seja: centrais elétricas, subestações de transformação e interligação, além de linhas e receptores ligados eletricamente.

Receba os conteúdos no seu e-mail

Conforme já mencionamos em nosso blog, os treinamentos de NR 10 são um dos mais populares do Sistema Escudo. É obrigatório para os profissionais da área elétrica, pois visa garantir a segurança no ambiente de trabalho. No entanto, além dele, os trabalhadores envolvidos em serviços de alta tensão e suas proximidades devem realizar o curso de Sistema elétrico de potência – SEP.   

  

Leia mais:     

    

Na área elétrica o SEP é bem popular. De modo geral, pode ser definido como o conjunto das instalações e equipamentos relacionados a geração, transmissão e a distribuição de energia elétrica.   

Portanto, como trata de sistemas de energia, são regidos pela norma regulamentadora 10. Afinal, a atividade precisa envolver trabalhadores altamente capacitados para a função. Sendo assim, vamos entender um pouco mais sobre o SEP? Acompanhe:    

 

O que é o Sistema Elétrico de Potência – SEP? 

O SEP é o conjunto de instalações e equipamentos relacionados à geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. Dada a sua importância, está sujeito à Norma Regulamentadora 10, que visa garantir a segurança dos trabalhadores e usuários, bem como a integridade do próprio sistema. Assim, a NR 10 estabelece requisitos rigorosos e exige que os profissionais sejam altamente capacitados. 

 

O que diz a NR 10 sobre o Sistema elétrico de potência – SEP    

É fato: a energia elétrica é de grande importância, visto a sua alta necessidade para atendimento de indústrias, residências e comércios, por exemplo. Sendo assim, o SEP é como um grande sistema de energia que precisa gerar, transmitir e distribuir a eletricidade de maneira eficiente. 

Não é à toa que a NR 10 existe para regulamentar as empresas – e seus profissionais – nesta cadeia de serviços elétricos de ponta a ponta. Acima de tudo, com o objetivo de garantir a segurança dos trabalhadores e usuários, além da integridade do próprio sistema. Dessa forma, ela estabelece os requisitos e exige qualificação e atualizações constantes. 

A NR 10 diz que os trabalhadores envolvidos em serviços de alta tensão (AT) e suas proximidades devem receber o treinamento específico em SEP. Além disso, estabelece que a carga horária mínima seja de 40 horas. 

Ainda de acordo com a norma, os trabalhos que interajam com o SEP não podem ser realizados individualmente. Bem como, devem ser efetuados apenas mediante: 

  • Ordens de serviço específica com data e local, assinado pelo superior responsável; 
  • Análise prévia das condições de trabalho pelo superior imediato e responsável pela execução; 
  • Planejamento detalhado dos procedimentos assinados pelo profissional autorizado. 

Além de várias outras etapas e requisitos. Sendo assim, todos devem ser cumpridos e são importantíssimos para garantir a segurança dos profissionais. 

A complexidade do Sistema Elétrico de Potência    

Um parágrafo não é suficiente para descrever a complexidade do SEP. Trabalhar com esse sistema requer muito estudo e compreensão das diversas atividades envolvidas. 

Essas atividades incluem construção e manutenção da infraestrutura, manutenção de equipamentos de geração de energia, operação de máquinas e sistemas, medição dos índices de energia e até atividades no entorno, como poda de árvores e desmatamento em áreas de faixas de servidão. 

A capacitação dos profissionais nessas atividades, seguindo as diretrizes da NR 10, é de extrema importância para prevenir acidentes e doenças relacionadas ao trabalho.    

Para operar com o sistema elétrico de potência e sua capacitação, é preciso entender que ele envolve, por exemplo:   

  • Construção e manutenção da infraestrutura;   
  • Manutenção de equipamentos de geração de energia;   
  • Linhas de transmissão;   
  • Operação tanto dos maquinários quanto dos sistemas;   
  • Medição dos índices de energia.   

 

Quais as etapas do Sistema elétrico de potência?    

De modo geral, as funções do SEP são de atender a energia elétrica aos consumidores garantindo que seja entregue com os padrões de qualidade estabelecidos.    

Para compreender o sistema e, consequentemente, a cadeia de serviços profissionais e normas – principalmente em relação à NR 10 – que giram em torno dele é preciso conhecer as etapas do SEP. Elas são as seguintes:   

  • Geração: nesta primeira fase é realizada a conversão da energia vindo de uma fonte elétrica primária. Como por exemplo: petróleo, gás natural, energia potencial hidráulica e etc.   
  • Transmissão: aqui é realizado o transporte de grandes blocos de energia a longas distâncias. Isto é, desde a geração até os centros de consumo. A transmissão tem altos níveis de tensão e é realizada por torres e cabos elétricos de grandes capacidades.   
  • Distribuição: por fim, é feita a entrega da energia para os consumidores. Tem um nível de tensão mais baixo, através de linhas com menor capacidade, as chamadas alimentadoras.   

Curiosidade: No Brasil, 80% da geração de energia elétrica provém de hidrelétricas. 

 

Trabalhadores no SEP: condições de trabalho e qualificação   

Por se tratar de um sistema de alta periculosidade como elenca a NR 10, precisamos falar também sobre os trabalhadores que atuam com o SEP. Nesse sentido, a empresa tem a obrigação de fornecer equipamento de proteção individual (EPIs). Além de vestimentas adequadas a condições extremas, como por exemplo: inflamabilidade e condutividade. 

A NR 10 determina que é de responsabilidade do empregador garantir a qualificação dos trabalhadores. Nessa questão ela é bem clara: todo funcionário que lidar em algum ponto com o sistema, com tensões acima de 1000 volts em corrente alternada ou 1500 volts em corrente contínua entre fases ou entre fase terra, deve realizar o curso com as especificações do Anexo II da NR 10. 

Aliás, outra exigência é que além dos cursos básico e complementar, os trabalhadores devem passar por reciclagens bienalmente. Dessa forma, a atualização dos procedimentos e normas de segurança é garantida. Lembre-se: a qualificação dos profissionais não é apenas importante para a empresa, mas sim obrigatória.   

 

Treinamento de NR 10 – Sistema elétrico de potência    

O item II do anexo III da NR 10 traz as especificações do treinamento de SEP. Antes de mais nada, para que este curso possa ser realizado, o trabalhador precisa, obrigatoriamente, ter aproveitamento satisfatório no curso básico da norma regulamentadora 10.   

Além disso, o anexo traz alguns tópicos das programações mínimas que o treinamento deve ter, e eles precisam ser desenvolvidos especificamente para condições de trabalho. Ou seja, dependendo do seu ramo, nível de tensão e etc.    

Alguns dos seus itens são, por exemplo:   

  • Organização do sistema elétrico de potência;   
  • Riscos típicos no SEP e sua prevenção;   
  • Acidentes típicos – análise, discussão e medidas de proteção;   
  • Técnicas de trabalho sob tensão;   
  • Posturas e vestuários de trabalho.   

Aqui no Sistema Escudo nosso treinamento de SEP conta com 6 módulos, completamente digitais e interativos. Além disso, os conteúdos são aprofundados em assuntos relevantes e com foco no sistema. Bem como estão em total conformidade com a NR 1 para treinamentos EaD e semipresenciais.     

 

Comece a oferecer os treinamentos exigidos pela NR 10 agora mesmo!   

Após a leitura deste artigo, fica evidente a importância do Sistema Elétrico de Potência – SEP e da NR 10 para garantir a segurança no ambiente de trabalho. Todos os trabalhadores envolvidos com serviços de eletricidade e suas proximidades devem realizar o treinamento de NR 10, e aqueles que têm contato com atividades de alta tensão devem fazer também o curso complementar de SEP. 

Relacionados a este assunto, o Sistema Escudo oferece os seguintes treinamentos:  

  • NR 10 – básico e reciclagem  
  • Treinamento NR 10 SEP – básico e reciclagem  

Nosso catálogo de treinamentos é robusto, com mais de 100 cursos e simuladores em total conformidade com a NR 1. Além disso, nossa plataforma é personalizável, dinâmica e interativa, com uma área de gestão completa para acompanhamento de dados das capacitações.  

Clique no banner abaixo e agende uma conversa com nossos especialistas para conhecer todas as soluções que oferecemos. 

Mais de 15 mil pessoas já se inscreveram

Receba os conteúdos no seu e-mail

Veja mais posts

Um guia detalhado que aborda todas as partes da NR-22, incluindo requisitos...
Seguindo os passos de Planejamento, Execução, Verificação e Ação, é possível identificar...
Todos os trabalhadores estão sujeitos aos riscos ambientais, por isso é importante...

Entre em contato conosco

Preencha o formulário e um dos nossos especialistas entrará em contato com você para falar mais sobre as nossas soluções.