Treinamento de reciclagem em SST: o que é e quem precisa dele?

O treinamento de reciclagem é a forma mais rápida e prática de requalificar os colaboradores do seu cliente. Continue lendo para conhecer todas as vantagens!
newslatters

Receba os conteúdos no seu e-mail:

Treinamento de reciclagem em SST: o que é e quem precisa dele?

São muitas coisas para se levar em consideração na hora de uma empresa contratar um funcionário, entre elas: exames admissionais, integrações, contribuir para a adaptação, resolver pendências burocráticas e capacitá-los de acordo com as NRs que regem sua atividade. Ou, então, oferecer o treinamento de reciclagem no caso de existir uma certificação prévia do colaborador.

 

Leia também:

 

Isso porque os treinamentos obrigatórios costumam ter uma validade de 02 (dois) anos. Sendo assim, após esse período o profissional e a empresa podem optar por um treinamento de reciclagem, uma vez que ele é mais rápido e serve como uma revisão os assuntos que o funcionário conheceu na capacitação completa dois anos antes.

Dessa forma, você pode oferecer uma forma otimizada de capacitação para os seus clientes. No entanto, é importante ficar de olho nas regras para treinamentos de reciclagem se não quiser incorrer em multas, passivos trabalhistas ou interdições dos seus clientes. Então continue lendo!

O que você precisa saber sobre NRs e treinamento de reciclagem

  • Quais são os treinamentos obrigatórios?
  • Os treinamentos são obrigatórios para qualquer empresa?
  • De acordo com a atividade da empresa, quais são os treinamentos obrigatórios?
  • Quais treinamentos se aplicam ao funcionário e à empresa?
  • Quem pode fazer o treinamento de reciclagem?

Com o que seu cliente trabalha?

Antes de mais nada, saiba em qual categoria a empresa do seu cliente está classificada e a qual categoria de atividade o novo colaborador estará ligado. Isso porque, como citado acima, existem treinamentos obrigatórios para todos (funcionários e empresas) e alguns exclusivos para as corporações, necessários apenas se ela estiver ligada a alguma atividade específica.

Portanto, conhecer as demandas do seu cliente te ajuda a oferecer uma solução mais personalizada e mostra ao cliente o cuidado em resolver os problemas dele.

Treinamentos obrigatórios para todo mundo

Das 36 Normas Regulamentadoras em vigência no momento – que você pode conhecer nesse link – catorze exigem a aplicação de treinamentos. Desde que as contratações sejam baseadas na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), seu cliente tem um compromisso legal de capacitar os colaboradores.

Grande parte das NRs que exigem capacitações estão ligada a atividades específicas. O que faz com que apenas os funcionários atuando nessas áreas devem ser treinados. No entanto, 3 dessas NRs são obrigatórias para todo mundo na empresa:

1 – NR 1: Disposições gerais

Diz que a empresa tem a obrigação de mostrar ao trabalhador todos os riscos existentes no ambiente ao qual ele estará exposto e quais as medidas adotadas para prevenir acidentes e doenças de trabalho.

2 – NR 5: CIPA

Constituição da CIPA. Empresas com até 19 funcionários não precisam constituir uma CIPA completa.

3 – NR 7: Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional

Nela está previsto o treinamento de primeiros socorros. Anual para os funcionários da empresa.

Treinamento de reciclagem em SST: o que é e quem precisa dele?

Treinamentos obrigatórios que dependem da atividade da empresa

Os demais treinamentos obrigatórios ficam reservados para empresas que exerçam atividades especificas que possam colocar a saúde ou segurança do trabalhador em risco. São elas:

  • EPI (Equipamento de Proteção Individual) – NR 6;
  • Controle da segurança em instalações e serviços em eletricidade – NR 10;
  • Movimentação, transporte, armazenagem e manuseio de materiais – NR 11;
  • Segurança no trabalho em máquinas e equipamentos – NR 12;
  • Tubulações, caldeiras e vasos de pressão NR 13;
  • Meio ambiente e condições de trabalho na indústria da construção NR 18;
  • Segurança e saúde no trabalho com inflamáveis e combustíveis – NR 20;
  • Proteção contra incêndios – NR 23;
  • Segurança e saúde no trabalho em espaços confinados – NR 33;
  • Trabalho em altura – NR 35;
  • Segurança e saúde no trabalho em empresas de abate e processamento de carnes e derivados – NR 36.

No entanto, se o colaborador tem certificação na NR feita na empresa anterior ou se a certificação atual dele está para vencer, você pode oferecer ao seu cliente um treinamento de reciclagem.

O que é o treinamento de reciclagem?

Como o próprio nome diz, os treinamentos de reciclagem servem para atualizar os profissionais a respeito das normas de segurança definidas para cada atividade. Dessa forma, garantindo que o conhecimento esteja “fresco” na memória dos funcionários, evitando que acidentes do trabalho aconteçam por um esquecimento a respeito da NR.

Normalmente, os treinamentos de reciclagem têm uma validade de dois anos – assim como os cursos originais. No entanto, um ponto importante para se notar é que eles são apenas uma das opções de recapacitação para o seu cliente.

Ao fim do período de validade do certificado, seu cliente pode optar por submeter os funcionários ao curso total novamente. Ou, então, a um treinamento de reciclagem – que é geralmente o escolhido, por ser mais curto e evitar que os colaboradores se sintam entediados.

No entanto, o importante é que seu cliente esteja ciente de que, ao fim do período de alidade, o funcionário dele precisa de uma revisão do treinamento, seja uma reciclagem ou não.

Quando, como e quem pode fazer treinamento de reciclagem?

Como mencionamos acima, está apto a fazer o treinamento de reciclagem todo mundo que fez o treinamento integral. A reciclagem é uma forma de recordar as informações sem precisar passar por toda a extensão do curso original, partindo do princípio que o profissional já adquiriu o conhecimento anteriormente e o aplica em seu dia a dia nos últimos dois anos.

Dito isso, é preciso estar atento as atualizações das NRs e as mudanças organizacionais dos seus clientes. Isso porque não é apenas quando o período de certificação expira que é necessário fazer um treinamento de reciclagem. Ele também pode ser feito quando:

  • Existir troca de função ou mudança de empresa por parte dos profissionais;
  • Acontecer o retorno de afastamento de trabalho ou inatividade por período superior a três meses;
  • Ocorrer alterações significativas nas atividades ou troca de métodos, processos e organização do trabalho.

Como oferecer treinamento de reciclagem aos seus clientes?

Agora que você já está por dentro de como funcionam os treinamentos de reciclagem conta pra gente: como você oferece esse serviço ao seu cliente? Eles são uma solução incrivelmente prática, uma vez que tomam menos tempo dos profissionais, o que faz com que eles passem menos tempo longe do posto de trabalho.

Com uma solução como o Sistema Escudo você consegue oferecer uma opção ainda mais otimizada, já que nossos cursos EaD permitem que os alunos aprendam no próprio ritmo. Além disso, o sistema ajuda a acompanhar o período de validade dos certificados, te avisando quando os alunos dos seus clientes precisarão de treinamentos obrigatórios.

Conheça as vantagens de um sistema digital para te ajudar a automatizar as tarefas diárias, otimizar o trabalho e entregar tecnologia de qualidade aos seus clientes. O Sistema Escudo é a primeira universidade corporativa focada em SST do Brasil e a única atualmente a atender 100% das diretrizes da NR 1. Clique no banner abaixo e escolha o melhor horário para conversar com um dos nossos especialistas.

 

Fale com nosso especialista

Tópicos para você explorar: